quinta-feira, 28 de junho de 2007

VivaVida!

Vivo a vida.
Vivo como devo viver.
Há muito eu ouvia para viver.
Não ouço, vivo.
Vivo de acordo com o que seja melhor para mim.
Desejos passageiros, emoções instantâneas, coisas finitas...
Quero a minha felicidade, mas sem abraçar o mundo com as pernas.
Quero viver intensamente o que este mundão tem para me dar.
Não quero apenas o que preciso, mas também os excessos.
Exceder às vezes é bom, mas sem excesso.
O mundo hoje pode ser o que for, mas ele esta aí.
Viva, aproveite, faça história, seja história, seja alguém e não apenas mais um.
Discorde do significado da palavra “Viver” nos dicionários... De acordo com eles, viver é existir, mas acredite, alguns existiram, mas nunca viveram.
Olhe ao redor, abrace quem você ama. Diga todos os dias que ela é a pessoa mais importante para você, não deixe para amanhã. Fale isso com sinceridade, olhando nos olhos. Ame, odeie, elogie, critique, não sobreviva, viva... viva a vida!

Um comentário:

Juú DiooR disse...

Fernandooo!
Goste mto desse post!
Vc realmente gosta de escrever..
éh eu sei ki ele éh um minino de ouroo =)
Vamos ver no q vai dár néh!
Tbm gostei mto de vc..
Bjãão ;**